Publicidade
Toy Story 4 | Pixar confirma data de estreia da animação

Na última sexta-feira, dia 06 de abril, a Pixar Animation Studios divulgou no perfil do facebook do filme Toy Story (Toy Story) a confirmação da data de lançamento da quarta aventura da franquia nos cinemas.

➜ SIGA-ME:
Instagram | Facebook | Twitter
► Canal no YouTube: INSCREVA-SE

Os amados brinquedos do estúdio, Woody, Buzz Lightyear e seus amigos, vão retorna aos cinemas norte-americanos no dia 21 de junho de 2019. No Brasil, a estreia de Toy Story 4 (Toy Story 4) acontece um dia antes, no dia 20, de acordo com o site FilmeB. Vejam a arte divulgada pela Pixar em seu facebook:

https://www.facebook.com/PixarToyStory/photos/a.128792774129.107191.10498014129/10155824318784130/?type=3

No início de novembro de 2016, o filme teve seu lançamento alterado com Os Incríveis 2 (Incredibles 2) e durante 2017 o filme teve várias noticias tristes que chegaram a deixar os fãs com o pé atrás sobre seu lançamento.

Em abril de 2017, faleceu o ator Don Rickles, considerado um dos maiores comediantes nos EUA e a voz do persoangem Senhor Cabeça de Batata, em todos os filmes da franquia Toy Story (Toy Story) e também nos especiais e curtas. Infelizmente, de acordo com o site Hollywood Reporter, ele não chegou a gravar seus diálogos o quarto filme da franquia, pois os diálogos estavam previstos para serem gravados no segundo semestre do ano passado.

Durante a D23 Expo, realizada no mês de julho, John Lasseter, chefe de animação da Disney e da Pixar, anunciou que não seria mais o diretor do filme, deixando seu cargo para o co-diretor, o cineasta Josh Cooley, que assumiu o comanda do novo filme. Em novembro, fomos todos pego de surpresa com o anuncio do afastamento de Lasseter do seu cargo de chefe de animação dos estúdios, por causa de acusações de assédio sexual.

Logo em seguida, os dois roteiristas de Toy Story 4 (Toy Story 4) deixaram a produção do animado o que gerou noticias de que a saída de Rashida Jones teria sido por causa das acusações de assédio de Lasseter. Logo, ela veio a publico e divulgou em comunicado oficial conjunto com seu colaborador Will McCormack, que os motivos pelos quais desistiu de ser roteirista da animação eram outros.

Sentimos que fomos colocados em uma posição onde precisamos falar por nós mesmos. A velocidade com que os jornalistas vem acusando criminosos acaba dando vazão à relatórios irresponsáveis e, na verdade, contraprodutivos para as pessoas que querem contar suas histórias. Neste caso, o The Hollywood Reporter não fala por nós. Nós não deixamos a Pixar por causa de assédios sexuais. Isso não é verdade. Tendo dito isso, estamos felizes em ver que as pessoas estão denunciando comportamentos que as deixam desconfortáveis. Quanto a nós, nós abandonamos o projeto por causa de diferenças criativas e, sobretudo, filosóficas“, declaram Jones e McCormack (via Variety).

O verdadeiro motivo de seu desligamento do filme foram as faltas de diversidade e representatividade na indústria cinematográfica: “Existem muitas pessoas talentosas na Pixar e nós continuamos sendo fãs dos filmes deles. Mas também há uma cultura onde mulheres e pessoas não-brancas não possuem uma igualidade de expressão criativa, como é demonstrado pela demografia de seus diretores: dos 20 filmes realizados na história da companhia, apenas um foi codirigido por uma mulher e só um foi coescrito por uma pessoa não-branca. Encorajamos a Pixar a ser líder em promover, contratar e impulsionar mais narradoras e líderes, e mais diversidade. Esperamos que possamos encorajar e empoderar todos aqueles que sentem que suas vozes não foram ouvidas no passado“, afirmou.

Pulamos para janeiro deste ano, quando a Pixar anunciou que Stephany Folsom (colaborador do argumento de Thor: Ragnarok) assumiu o cargo de roteirista do animado substituindo Rashida Jones e Will McCormack.

Descrito como “a primeira comédia romântica da Pixar“, Toy Story 4 (Toy Story 4) tem sua ideia inicial criada por John Lasseter, Andrew Stanton, Pete Docter e Lee Unkrich, as principais mentes por traz dos grandes roteiros do estúdio, e vai mostrar o relacionamento de Woody e a pastora Betty (que tinham um relacionamento em Toy Story e Toy Story 2).

Sucesso de público e crítica, os três filmes da franquia Toy Story arrecadaram mais de US$ 1,94 bilhão mundialmente e podem ser vistos em DVD, Blu-ray, Blu-ray 3D e também no formato digital.

Toy Story 4 (Toy Story 4) chegará aos cinemas brasileiros no dia 20 de junho de 2019 e no dia seguinte, dia 21 de junho, nos cinemas dos EUA.

Comentários