Publicidade
Operação Red Sparrow | Jennifer Lawrence vai de bailarina a espiã em novo filme

Após dividir opiniões com seu último longa, Mãe, Jennifer Lawrence retorna ás telonas com o suspense de espionagem Operação Red Sparrow (Red Sparrow).

➜ SIGA-ME:
Instagram | Facebook | Twitter
► Canal no YouTube: INSCREVA-SE

Na trama, que é baseada no livro de mesmo nome, Jennifer Lawrence interpreta a bailarina Dominika Egorova, que após uma tragédia pessoal é selecionada para ser uma sensual e persuasiva agente secreta do serviço de segurança russo. Após um treinamento desumanizante com direito a nudez e tentativa de estupro, Dominika aprende a usar suas habilidades e se destaca sendo encarregada de uma missão: ganhar a confiança de um oficial da CIA que administra a infiltração mais delicada da agência de inteligência russa.

O longa é dirigido por um velho conhecido de Jennifer, Francis Lawrence. Os dois trabalharam juntos na franquia Jogos Vorazes e, segundo ela, isso não só a ajudou nas cenas mais difíceis como também a aceitar o papel, já que ela estava receosa com as cenas de nudez: “Como atriz eu gosto de me desafiar e de trabalhar com um diretor que eu admiro e confio. O roteiro precisa ser bom, é claro, e preciso me intrigar com o personagem. Pessoalmente, eu faço filmes por diferentes razões e cada um me afeta de alguma forma. Ás vezes você tem uma conexão com o personagem“, disse a atriz durante uma coletiva de imprensa diretamente de Londres para jornalistas em São Paulo.

O filme conta com um boa dose de ação e violência e a personagem de Jennifer chega a ser torturada. Sobre isso, ela comentou que as cenas de tortura foram as mais divertidas de se fazer: “No final das contas, é trabalho e se eu não estiver feliz e me divertido com tudo aquilo, eu não faço. Atuar, pra mim, é uma jornada emocional. É catártico. Quando falam ‘corta’, eu quero ser capaz de ser normal, de fazer piadas e me divertir no trabalho, quando começam a gravar é uma forma diferente de diversão“.

Pra quem já está esperando uma possível continuação, já que o longa é baseado numa trilogia de livros, o diretor afirmou que até tem algumas ideias de como poderia dar continuidade a história de Dominika Egorova mas, não tem planos no momento: “Se o público abraçar o filme, se forem ao cinema e gostarem, adoraríamos dar continuidade“.

Operação Red Sparrow (Red Sparrow) estreia hoje, dia 1º de março nos melhores cinemas brasileiros cinemas.

Texto: Allan Barbosa
Fotos: Mauricio Santana

Comentários