Publicidade
As Crônicas de Nárnia | Sony divulga sinopse e anuncia início das filmagens para novembro

Parece que a espera dos fãs da franquia As Crônicas de Nárnia (The Chronicles of Narnia) vai finalmente ter fim, pois a Sony Pictures anunciou oficialmente o início das filmagens do quarto filme, a adaptação de A Cadeira de Prata (The Silver Chair), que começará a ser filmada em novembro deste ano, no sul da Nova Zelândia e nos estúdios Henderson Valley, e vai durar uma média de cinco meses.

Sem previsão de lançamento nos cinemas, o novo filme não terá ligação com os três anteriores, que haviam sido produzidos pela Walt Disney (os dois primeiros) e pela 20th Century Fox Film (o terceiro filme). A Sony, durante o anuncio das filmagens, também divulgou a sinopse, que vocês conferem abaixo:

60 anos após os acontecimentos de ‘As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada’, o rei Caspian já é um homem velho e com problemas de saúde, em breve morrerá. Dez anos atrás, sua esposa foi morta por uma serpente e o seu único filho, Rilian, desapareceu sem deixar rasto, deixando Nárnia sem um herdeiro. Muitos dos maiores heróis de Nárnia partiram em busca do príncipe, mas nunca voltaram. Aslan recrutou as crianças Jill e Eustáquio para encontrar o príncipe perdido. Através de perigos incontáveis e cavernas profundas e escuras, o nobre grupo de amigos percorrem a missão que os levará cara a cara com um mal muito mais bonito e mortal do que eles imaginavam”.

As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata (The Chronicles of Narnia: The Silver Chair), o primeiro livro por ordem de publicação que não conta com a presença de qualquer dos irmãos Pevensie, contará com a direção de Joe Johnston (Capitão América: O Primeiro Vingador e Jumanji) e o roteiro foi adaptado por David Magee (As Aventuras de Pi e Em Busca da Terra do Nunca), baseada na obra do autor britânico C.S. Lewis (1898 – 1963).

A trama narrada a volta de Eustáquio até Nárnia na companhia de sua amiga Jill Pole, através de um velho portão nos fundos da escola onde estudavam. Eles chegam em Nárnia 70 anos depois da aventura vivida em A Viagem do Peregrino da Alvorada, quando o rei Caspian já era muito idoso e estava em busca de seu filho, o príncipe Rilian, perdido nas terras ao norte de Nárnia. Jill estava encarregada por Aslam de se lembrar dos sinais que indicariam o que fazer para conseguir resgatar o príncipe, mas já chegam perdendo o primeiro sinal.

Iniciada em 2005, com o lançamento de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, a franquia já arrecadou mais de US$ 1,6 bilhão em todo o mundo. O primeiro filme foi mais bem-sucedido, rendendo US$ 745 milhões internacionalmente, enquanto as continuações, Príncipe Caspian (2008) e A Viagem do Peregrino da Alvorada (2010), arrecadaram US$ 419 milhões e US$ 415 milhões, respectivamente. Vale lembrar, que os dois primeiros filmes da franquia foram lançados pela Disney Pictures nos cinemas e o terceiro pela 20th Century Fox Film.

As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata (The Chronicles of Narnia: The Silver Chair) ainda não tem previsão de lançamento nos cinemas.

Comentários